quinta-feira, 5 de maio de 2011

A Loira do Banheiro



Uma das lendas urbanas mais conhecidas é a da famosa Loira do Banheiro, a Bloody Mary brasileira. Todas as lendas têm várias versões, parecidas, porém com detalhes diferentes ou até mesmo finais diferentes. A lenda da Loira do Banheiro surgiu em meados da década de 70, onde uma garota (loira, obviamente) matava aula para ficar se admirando no banheiro da escola. O zelador do colégio encobria suas fugas, pois mantinha um desejo platônico pela garota que aumentava cada vez mais ao passar dos anos. Certo dia ele a esperou na saída do banheiro e se declarou, a garota começou a rir e o desprezou, o zelador tomado por um ódio a levou para dentro do banheiro e a espancou violentamente, depois disso fugiu e deixou a garota morrendo no chão do banheiro. O corpo dela sumiu e a polícia associou o desaparecimento com a fuga do zelador, ele confessou a agressão, mas não soube dizer onde o corpo estava. Dizem que o corpo da garota desmaterializou e seu espírito ficou preso ao espelho.
Algo interessante nessa lenda é o fato do espírito ficar preso ao espelho.
Antigamente, era comum cobrir os espelhos de uma casa em que uma morte tivesse acontecido até o corpo ser levado para o enterro. Dizem que se por relance o corpo passar diante de algum espelho, o morto permaneceria na casa, pois o espelho capturaria o espírito dele.
Mas então, voltando a lenda, toda criança ou adolescente que já ouviu a história, deve ter tentado ver o fantasma da loira do banheiro. Assim como a lenda tem muitas versões, o modo de “chamar” o tal fantasma também tem. Basicamente, no final de todas as versões, a pessoa que faz acaba sendo morta pela loira. E é essa a lenda que aterrorizou a infância de muitos.


- J

2 comentários:

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK, quem nunca tentou né

    ResponderExcluir
  2. adorei mas eu ja tentei e não deu serto kkkk

    ResponderExcluir